Guias

Voando no ninho

Voando no ninho



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

História

Em Voando no ninho, Ploey (voz de Jamie Oram) é uma garota tarada que vive com seus pais e sua melhor amiga Ploeveria (voz de Harriett Perring). A vida é difícil para os tarambolas. Eles devem lidar com a sempre presente ameaça de ataque de abutres e outros predadores, em particular um enorme abutre chamado Shadow (voz de Richard Cotton). A cada primavera, Shadow e os outros urubus aguardam ansiosamente o retorno das tarambolas, para que possam comê-las.

Os filhotes de tarambola devem aprender a cavar vermes e a voar. Mas Ploey tem medo de voar. Um dia, Shadow leva Ploey. O pai de Ploey vem em seu socorro, mas ele é levado por Shadow no lugar de Ploey.

Quando é hora de os pássaros migrarem para o sul, Ploey fica para trás. Ele decide caminhar até o Paradise Valley, onde os pássaros vão esperar o inverno no Ártico. Ploey enfrenta muitos perigos ao longo do caminho, incluindo nevascas, raposas, avalanches e deriva no gelo. Ele também conhece Giron (voz de John Stamos), um grande pássaro branco, e Mousy (voz de Graham Dickson). Giron e Mousy salvam Ploey várias vezes. Ploey finalmente chega ao seu destino, onde se reúne com sua mãe e Ploeveria. No retorno à sua casa de primavera, Ploey tem a chance de se vingar de Shadow.

Temas

Animais em perigo; aves migratórias; presas e predadores; morte de um pai

Violência

Voando no ninho tem alguma violência. Por exemplo:

  • Os abutres atacam as tarambolas que retornam e pegam várias em suas garras.
  • Um gato grande persegue os filhotes de tarambola. Ele pega um deles e leva para casa. O gato é expulso da casa pela janela.
  • Shadow facilmente pega Ploey em suas garras e o carrega. O pai de Ploey ataca Shadow, que deixa Ploey cair no chão, mas pega o pai de Ploey.
  • O gato persegue e pega Ploey. Leva-o para dentro de casa, onde ele é colocado dentro de uma gaiola. O gato tenta agarrar Ploey através das barras.
  • Uma raposa ataca Giron e o leva para seu covil.
  • Giron e Shadow têm uma luta física. Ploey joga um dinamite na caverna de Shadow, que explode. Sombra não está machucada, mas Giron parece que ele está morto (ele não está).
  • Shadow leva Ploeveria e Ploey vem para resgatá-la. Ploey tenta prender Shadow em uma armadilha de ferro. Giron e Shadow lutam novamente, e Shadow tem Ploey preso a um poste com a armadilha. Giron joga um dinamite em Shadow, que se choca contra um cata-vento. Giron então amarra sua garra a uma corda. Sombra bate em um sino da igreja, nocauteando-se. Ele então cai em um túmulo recém cavado e é coberto de sujeira.

Referências sexuais

Voando no ninho tem algumas referências românticas suaves. Por exemplo, Ploey e Ploveria são amigos muito próximos e têm asas. Em um ponto, Ploey sonha que perdeu Ploveria para outro tarambola, que diz que a ama de todo o coração. Ploveria responde que também o ama.

Álcool, drogas e outras substâncias

Não há uso de substâncias em Voando no ninho.

Nudez e atividade sexual

Não há nudez ou atividade sexual em Voando no ninho.

Colocação do produto

Não há posicionamento do produto no Voando no ninho.

Linguagem grossa

Não há linguagem grosseira no Voando no ninho.

Ideias para discutir com seus filhos

Voando no ninho é uma história de aventura animada sobre uma jovem garota tarambola migratória que precisa encontrar o Paradise Valley por conta própria.

A natureza predatória de alguns dos animais do filme pode ser bastante assustadora para crianças muito pequenas, e há um nível moderado de violência. Portanto, sugerimos que o filme não seja adequado para menores de 5 anos e recomendamos orientação dos pais para crianças de 5 a 8 anos.

As principais mensagens deste filme são acreditar em si mesmo e superar seus medos.

Os valores deste filme que você poderia reforçar com seus filhos incluem coragem, bravura, vontade de ajudar os outros, bondade e heroísmo.

Este filme também pode dar a você a chance de conversar com seus filhos sobre problemas da vida real, como suas crenças sobre o que acontece quando alguém morre. No filme, Giron gosta de pensar que seus filhos são estrelas no céu e que ele os verá novamente algum dia. Ploey também imagina o pai como uma estrela.