Informações

Modelo SCERTS®

Modelo SCERTS®

O que é o modelo SCERTS®?

O modelo SCERTS® é um modelo de prestação de serviços, e não um programa específico. Ele combina várias técnicas para criar programas individualizados para crianças com transtorno do espectro do autismo (TEA). O SCERTS® visa ajudar famílias, professores e terapeutas a trabalhar em cooperação para apoiar crianças individuais com transtorno do espectro do autismo (TEA).

O acrônimo significa Comunicação Social (SC), Regulamento Emocional (ER) e Suporte Transacional (TS).

Este programa não está disponível na Austrália neste formulário. Pode ser oferecido como parte de um serviço na Austrália ou de forma modificada.

Para quem é o modelo SCERTS®?

O modelo SCERTS® foi desenvolvido especificamente para crianças em idade pré-escolar e primária com transtorno do espectro do autismo (TEA). A abordagem também pode ser útil para pessoas idosas com TEA.

Para que é utilizado o modelo SCERTS®?

O modelo SCERTS® é usado para ensinar crianças com transtorno do espectro do autismo (ASD) como regular suas emoções e se comunicar com outras pessoas.

De onde vem o modelo SCERTS®?

A pesquisa que sustenta o modelo SCERTS® foi realizada no início dos anos 80 nos Estados Unidos. O SCERTS®, como existe agora, foi criado em 2007 por uma equipe de especialistas com experiência em transtorno do espectro do autismo (TEA).

Qual é a ideia por trás do modelo SCERTS®?

O modelo SCERTS® concentra-se em três áreas principais:

  • comunicação social - desenvolvendo relacionamentos e habilidades de comunicação
  • regulação emocional - reduzindo altos e baixos emocionais
  • suporte transacional - fornecendo auxílios úteis à comunicação e aprendizado.

O SCERTS® incorpora aspectos de diferentes terapias bem estabelecidas do transtorno do espectro do autismo (TEA) em programas individualizados projetados pelos pais e terapeutas das crianças.

O que o modelo SCERTS® envolve?

Os pais trabalham com profissionais para avaliar as crianças e, em seguida, escolhem um conjunto de técnicas individuais que consideram mais úteis para as crianças. Eles se baseiam em intervenções estabelecidas, como Tratamento de Resposta Pivotal, TEACCH, DIR® / Floortime ™, Intervenção de Desenvolvimento de Relacionamento ™, More Than Words® e Social Stories®.

O tempo envolvido nessa abordagem depende das estratégias específicas usadas com crianças individuais.

Considerações de custo

O custo dessa terapia varia de acordo com o provedor de serviços.

O modelo SCERTS® funciona?

O SCERTS® é um modelo de prestação de serviços, e não um programa específico. A pesquisa validou algumas das técnicas individuais usadas neste modelo.

Quem pratica o modelo SCERTS®?

Profissionais treinados no modelo SCERTS® ou que estudaram o manual profissional SCERTS® podem praticar esse método. Os desenvolvedores do SCERTS® dizem que é mais eficaz quando profissionais de diferentes disciplinas - por exemplo, fonoaudiólogos, psicólogos e terapeutas ocupacionais - colaboram no tratamento.

Educação, treinamento, apoio e envolvimento dos pais

Os pais fazem parceria com terapeutas e outros profissionais para implementar o SCERTS®. Os pais ajudam na avaliação inicial, estabelecem metas de intervenção e desempenham um papel central na implementação dos suportes e técnicas de ensino.

Onde você pode encontrar um profissional de SCERTS®?

O SCERTS® é oferecido como parte dos currículos específicos do autismo em alguns serviços australianos nos primeiros anos.

Se você estiver interessado em abordagens como o SCERTS®, poderá conversar com o seu médico de família ou com um dos outros profissionais que trabalham com seu filho. Você também pode conversar com o planejador do NDIA, o parceiro do NDIS na primeira infância ou o parceiro de coordenação da área local do NDIS, se você tiver um.

Existem muitos tratamentos para o transtorno do espectro autista (TEA). Eles variam desde os baseados em comportamento e desenvolvimento até os baseados em medicina ou terapia alternativa. Nosso artigo sobre tipos de intervenções para crianças com TEA conduz você pelos principais tratamentos, para que você possa entender melhor as opções do seu filho.