Informações

Profissionais: uma abordagem centrada na família para ajudar os pais

Profissionais: uma abordagem centrada na família para ajudar os pais

Ajudando os pais a tomar suas próprias decisões

É tentador dizer aos pais o que fazer quando tiverem um problema. Pode parecer a maneira mais rápida de chegar a uma solução. Mas todas as famílias são diferentes e únicas, e o que funciona para um pode não funcionar para outro. Não existe uma maneira certa de fazer as coisas.

É por isso que é importante ajudar os pais, dando-lhes as habilidades, conhecimentos e confiança de que precisam para tomar decisões adequadas às circunstâncias familiares individuais. Uma abordagem centrada na família pode ajudá-lo a fazer isso.

A melhor maneira de ajudar as famílias é através de parcerias com os pais, porque os pais conhecem melhor seus filhos. É por isso que é importante estabelecer parcerias com os pais. Você pode construir parcerias com comunicação eficaz e um desejo genuíno de ajudar.

Uma abordagem centrada na família: o que é?

Uma abordagem centrada na família é uma maneira de trabalhar em parceria com as famílias para entender melhor suas circunstâncias únicas e ajudar os pais a decidir quais estratégias serão mais adequadas às suas famílias.

Essa abordagem é cada vez mais reconhecida como uma maneira eficaz de melhorar os resultados para as famílias. E funciona em uma ampla gama de serviços humanos.

Uma abordagem centrada na família tem alguns princípios básicos:

  • Todas as famílias são diferentes, e o suporte funcionam melhor quando você entende as metas, expectativas, valores e a vida cotidiana de cada família.
  • Os pais sempre conhecem melhor seus filhos e sua família.
  • Todas as famílias têm pontos fortes, e aprendemos e crescemos melhor quando usamos nossos pontos fortes.
  • O bem-estar e o desenvolvimento das crianças dependem do bem-estar de todos os outros membros da família e da família como um todo.
  • O bem-estar da família depende da qualidade dos apoios sociais informais e da disponibilidade de serviços formais de apoio.

Ao usar uma abordagem centrada na família, você está melhor equipado para desenvolver estratégias personalizadas para famílias individuais. Isso significa que é mais provável que as estratégias facilitem a vida da família, resolvam problemas familiares específicos e criem o melhor ambiente para a saúde, o desenvolvimento e o bem-estar das crianças.

Usando uma abordagem centrada na família

Você pode usar uma abordagem centrada na família na maneira como trabalha com as famílias em geral, na maneira como apoia as crianças e na maneira como apoia os pais. Aqui estão algumas idéias.

Seu trabalho com as famílias

  • Tente ser sensível e receptivo a diferentes tipos de famílias, incluindo aquelas de origens socioeconômicas diversas e de origens culturais e linguísticas diversas. Isso pode significar oferecer serviços disponíveis em diferentes idiomas, de uso gratuito e assim por diante.
  • Baseie os serviços no que as famílias querem. A melhor maneira de aprender o que eles querem é perguntar. Por exemplo, se um pai diz que quer mais tempo com seu filho, você pode sugerir serviços com bastante interação pai-filho.
  • Seja flexível na maneira como você presta serviços, pensando no que é mais útil para cada família. Por exemplo, algumas famílias podem gostar de suporte presencial, enquanto outras podem preferir suporte on-line.
  • Trabalhe com as famílias para construir uma rede de apoios e recursos informais ou comunitários. Por exemplo, se você conectar novos pais a um novo grupo de pais, eles poderão precisar de menos apoio formal.
  • Construa suas conexões com outros serviços principais e especializados para crianças e famílias, para saber onde apontar as famílias.

A maneira como você apoia crianças

  • Trabalhe com as famílias para cercar as crianças relacionamentos seguros e amorosos - em casa e na comunidade. Você pode começar com seu próprio relacionamento respeitoso com os pais. As crianças aprenderão com suas interações.
  • Garanta saúde, segurança e boa nutrição para as crianças.
  • Preste atenção e responda às dicas e pistas das crianças.
  • Use os pontos fortes e os interesses de cada criança como base para o aprendizado. Por exemplo, se uma criança gosta de cantar, você pode ensinar músicas.
  • Surround crianças com a linguagem. Você pode usar livros, músicas, contar histórias e assim por diante.
  • Incentive a exploração e a brincadeira.

possui uma gama abrangente de artigos, vídeos e outros conteúdos sobre relacionamentos, saúde, segurança, nutrição, aprendizado, desenvolvimento, brincadeiras, sono e muito mais.

A maneira como você apoia os pais

  • Seja confiável e cumpra seus compromissos com os pais. Por exemplo, se você disser que telefonará ou visitará em um determinado horário, faça isso.
  • Tente não fazer suposições sobre o que os pais 'precisam saber'. Cada família tem necessidades diferentes. Discuta com os pais seus objetivos e que tipo de informação eles estão procurando.
  • Ouça os pais com atenção quando eles fizerem perguntas. Reconheça que os pais podem se sentir muito ansiosos quando não sabem algo, principalmente se estiver relacionado à saúde ou ao bem-estar de seus filhos.
  • Forneça suporte sem julgar. Por exemplo, em vez de dizer 'Você não deve gritar com Tommy quando ele não escuta', você pode dizer 'Eu entendo que você está cansado e isso pode dificultar a paciência. Vejamos como podemos ajudar Tommy a responder '.
  • Se houver uma crise, aceite e respeite os pais confusos ou altamente emocionais. Uma crise pode acontecer com qualquer um. E isso pode ajudar a dar aos pais alguns minutos para acalmar seus pensamentos. Uma maneira de fazer isso é oferecendo aos pais um copo de água.