Adultos

Hora especial do pai: como fazer isso acontecer

Hora especial do pai: como fazer isso acontecer

Criando tempo de pai de alta qualidade com seus filhos

Interações de alta qualidade com seus filhos acontecem quando você faz um pouco mais do que simplesmente cuidar deles. Mas pode ser difícil encontrar o momento em que você está lidando com longas horas de trabalho, tempo para si mesmo e tempo com seu parceiro.

Aqui estão algumas maneiras simples de tornar o 'tempo do pai' ainda mais especial:

  • Converse com seus filhos. Conte-lhes histórias e piadas. Ouvir as conversas dos adultos ajuda bebês e crianças pequenas a aprender, mesmo que eles não possam entender o que você está dizendo. Também o aproxima mais emocionalmente.
  • Leia com seus filhos. Ler em voz alta com seus filhos é uma ótima maneira de passar tempo juntos. Melhor ainda, a leitura e a narração de histórias ajudam a promover a linguagem, a alfabetização e o desenvolvimento do cérebro.
  • Explique as coisas. Saliente coisas que valem a pena observar ou lembrar - por exemplo, uma escavadeira em um canteiro de obras ou uma concha de cigarra no quintal. Explique como eles funcionam se o seu filho fizer perguntas.
  • Por que falar é importante. Momentos em que seus filhos têm sua atenção exclusiva são verdadeiramente dourados. Se você parar o que está fazendo e prestar atenção total ao seu filho, também estará dando um grande impulso ao desenvolvimento e à auto-estima dele.
  • Seja um bom modelo. Seu filho aprende a interagir com os outros por meio das interações com você. Todo pai ou mãe precisa dizer 'não' e 'não' às vezes, mas até esses podem ser 'momentos de aprendizado' se você tiver clareza sobre o comportamento que deseja. Elogie seu filho quando ele cooperar e modele a polidez. Isso lhe dá um exemplo poderoso a seguir.
  • Crie oportunidades de aprendizado desafiadoras. Se você observar com cuidado, descobrirá como manter um jogo dentro da capacidade de seu filho - não muito difícil, nem muito fácil. Por exemplo, você pode apontar para onde uma peça do quebra-cabeça poderia ir, em vez de deixá-lo tropeçar ou apenas fazer isso por ele.
  • Ofereça opções quando puder. Por exemplo, em vez de dizer 'Coloque a camiseta', você pode dizer: 'Deseja usar a camiseta vermelha ou a verde?' Uma escolha é uma boa alternativa a uma instrução. Ajuda a criar independência e incentiva a responsabilidade e dá ao seu filho a sensação de que ele tem algum controle na tomada de decisões.
  • Use seu senso de humor quando você está lendo ou explicando coisas. Provoque brincadeira. O humor e a diversão podem ajudar o bem-estar das crianças à medida que crescem.

A boa notícia é que você não precisa de treinamento especial para fazer essas interações acontecerem. Provavelmente, você já está fazendo muitas coisas boas. Nem todos os minutos com seus filhos serão de alta qualidade, mas saber como são as ótimas interações ajudará você a criar mais.

O calor e a afeição física dos pais estão associados a uma maior auto-estima e a menos problemas sociais e emocionais em seus filhos.

Jogada áspera

Brincadeiras grosseiras podem ser divertidas para crianças e adultos e podem ser uma especialidade do pai.

Além de dar às crianças a chance de fazer algum exercício, brincadeiras grosseiras permitem que elas testem com segurança suas capacidades e limites físicos. Também ajuda as crianças a aprenderem a ser fortes sem serem agressivas. E quando estão brigando com o pai, as crianças podem aprender a lidar com emoções como raiva e excitação, além do desejo de vencer. Esse tipo de brincadeira também ajuda seu filho a aprender lições sociais importantes, como o que é 'justo'.

Aqui estão algumas dicas para tirar o máximo proveito das brincadeiras com seu filho:

  • Cronometre seu jogo com sabedoria. As crianças que brincam com o pai podem ficar tão empolgadas que precisam de um tempo tranqüilo antes de poderem dormir, comer ou se vestir. Reserve um tempo para relaxar após um jogo difícil.
  • Defina algumas regras básicas. Por exemplo, quando alguém diz que já teve o bastante ou se machucou, é hora de fazer uma pausa.
  • Quando ocorrer uma colisão ocasional, acalme as coisas, verifique se o seu filho entende que foi um acidente e comece o jogo novamente depois que as lágrimas estiverem secas.
  • Incentive seus filhos a continuarem tentando quando 'perderem'.
  • E lembre-se - como o maior e mais forte jogador, você pode ter que se deixar dominar ou ser pego para que outro jogador possa 'vencer' pelo menos uma parte do tempo!


Assista o vídeo: 5 - Hey, Gabriel! (Dezembro 2021).