Em formação

Meu bebê come areia, o que posso fazer?

Meu bebê come areia, o que posso fazer?

Os bebés costumam colocar na boca tudo o que encontram ao seu alcance, é a sua forma de explorar e descobrir o mundo. Um hábito que perdem à medida que envelhecem, mas o que acontece se o que põem na boca não for adequado? E se for areia?

As crianças adoram brincar na areia, tanto que costumamos comprar baldes, pás e outros brinquedos para elas se divertirem seja na praia, na caixa de areia ou no parque. Porém, ao menos nos perdemos, encontramos uma imagem que nos faz levantar como uma mola: a boca do bebê está cheia de sujeira e ele ainda segura punhados de areia nas mãos. O que posso fazer se meu bebê comer areia?

Muitos pais já viveram inúmeras situações aquele momento em que o bebê, sem pensar duas vezes, coloca um punhado de sujeira na boca. Algumas crianças fazem cara de nojo e ficam com a boca aberta até que alguém as resgate, porém, sua memória é vaga e podem fazer isso novamente depois de um tempo. Outros até parecem gostar de mastigar grãos de areia, coisa que os adultos reviram o estômago.Por que alguns bebês comem areia?

Quando é algo pontual e faz parte da própria curiosidade da criança sobre o ambiente em que se encontra, não há problema, é normal. Se a areia que engoliu for pequena e o local não contiver excrementos de animais, pontas de cigarro ou objetos pontiagudos, não dê mais importância. No entanto, se se tornar um hábito, pode ser um distúrbio conhecido como Pica.

Pica é um distúrbio alimentar que ocorre em crianças até 6 anos de idade, o sintoma mais evidente é que a criança tende a sugar ou comer substâncias que não são comestíveis: areia, gesso, tinta, giz, sabão, lama ...

Acredita-se que esse transtorno pode ser motivado por uma dieta inadequada da criança, na qual faltam nutrientes, vitaminas ou minerais. Também pode ser devido ao estresse ou está associada a transtornos como autismo, atraso no desenvolvimento ou doença mental.

As crianças geralmente comem areia de parques ou da praia, em geral de locais onde cães ou gatos não têm acesso que podem infectar a terra com excrementos ou germes. No entanto, pode acontecer que apesar de ser proibida a entrada de animais de estimação, eles o façam e a areia infeccione. Nesse caso, a criança pode sofrer de uma infecção parasitária intestinal, diarreia, gastroenterite ou obstrução intestinal.

O que podemos fazer para evitar esses distúrbios para a criança?

- Verifique a areia com a qual a criança está brincando e remova pontas de cigarro, objetos pontiagudos ou outra sujeira que possa conter.

- Esteja atento se a criança costuma colocar as mãos na boca, para limpe-os da areia antes de mim.

- Se já virou hábito, leve ao pediatra para avaliar se ele tem anemia, alguma outra deficiência mineral ou está passando por algum tipo de dificuldade.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Meu bebê come areia, o que posso fazer?, na categoria Saúde no local.


Vídeo: ÍNDIO GIGANTE - COMO REVERTER A TRAQUÉIA PARA ADMINISTRAR MEDICAMENTO (Janeiro 2022).