Em formação

Ensinar as crianças a comer qualquer coisa é possível

Ensinar as crianças a comer qualquer coisa é possível

As crianças devem comer de tudo para seu bom crescimento, porém nem sempre é fácil. Fazer com que comam frutas e vegetais suficientes para uma boa saúde é um desafio para muitas mães, com o qual precisam lidar diariamente.

Inúmeros estudos estão sendo realizados sobre a alimentação correta das crianças, principalmente pelo fato de os números da obesidade infantil estarem atingindo níveis alarmantes, mesmo em países onde a dieta mediterrânea é há anos a bandeira da dieta da população.

Portanto, não estou surpreso com os dados dos estudos sobre a quantidade de proteína que as crianças comem. De acordo com o Estudo Alsalma, desenvolvido por Almirón, que estudou os hábitos nutricionais de crianças de 0 a 3 anos, 90 por cento das crianças de 1 a 3 anos consomem mais do dobro das proteínas recomendadas.

Assim, a ingestão média de proteínas em crianças de 1 a 3 anos é 4 vezes maior do que o recomendado e se deve ao consumo de alimentos não adaptados à idade das crianças, como o leite de vaca, e ao consumo de carnes acima do recomendado. Este consumo excessivo de proteínas aumenta o risco de desenvolvimento futuro de obesidade ou doenças cardiovasculares, como hipertensão, enfarte do miocárdio ou acidente vascular cerebral.

O estudo também mostra que 39 por cento das crianças entre 1 e 2 anos e 53 por cento das crianças entre 2 e 3 anos estão abaixo dos 500 miligramas diários do consumo recomendado de leite e produtos lácteos. A contribuição de cálcio que os laticínios fornecem às crianças para seu crescimento é essencial.

No entanto, a introdução do leite de vaca muito cedo na dieta pode criar problemas digestivos e impedir a absorção adequada de todos os seus nutrientes. São os pais que devem estar atentos à intolerância ao leite de vaca para, se necessário, substituí-lo por mais laticínios digestivos.

Na minha opinião, as crianças não são adultos em miniatura, elas têm suas necessidades específicas e um organismo em evolução e crescimento que os adultos não possuem. Portanto, atender especificamente às suas necessidades nutricionais, em relação às diferentes idades de seu desenvolvimento é muito importante.

Porém, para que tudo corra bem é preciso ensiná-los a comer. Não adianta dizer a eles que têm que comer vegetais, se não os comemos ou fazemos careta quando é preciso. Os hábitos alimentares das crianças devem ser instilados pelos pais, desde que são pequenos.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Ensinar as crianças a comer qualquer coisa é possível, na categoria Nutrição Infantil no Local.


Vídeo: Meu Lanchinho - Música Infantil - Canções Populares (Novembro 2021).