Em formação

Conselhos sobre amamentação

Conselhos sobre amamentação

O leite materno é o melhor alimento que pode ser dado ao bebê; Segundo a Organização Mundial de Saúde, ele contém nutrientes que não são encontrados no leite artificial, que ajudam a prevenir doenças e proporcionam múltiplos benefícios que chegam até a idade adulta. Por sua importância, é necessário levar em consideração alguns aspectos que permitirão a amamentação de forma mais adequada e agradável, tanto para a mãe quanto para o filho.

Para se adaptar ao novo ambiente, o recém-nascido experimenta uma série de reflexos, entre os quais está a sucção. O bebê sente necessidade de sugar assim que sentir algum atrito nos lábios, esta ação permitirá que ele realize o processo de amamentação. Quando você começa a amamentar, é conveniente amamentar o bebê a cada três horas para que ele tome no colostro, um líquido amarelo que as mamas expelem antes de produzir o leite, que transmitirá imunidade contra a maioria das doenças nos primeiros meses.

É importante citar que muitas vezes o bebê pode não conseguir mamar corretamente, pois é provável que engula ar e solte o mamilo de vez em quando sem querer, o que faz com que o leite vaze pelos cantos da os lábios. Para evitar esse tipo de situação, orientamos passo a passo como realizar a amamentação corretamente.

1- A higiene das mãos e dos mamilos é fundamental Para iniciar a amamentação, da mesma forma se a mãe estiver gripada, é conveniente colocar um lenço ou máscara na boca.

2- Sempre tire a foto no mesmo lugar, Isso vai garantir um ambiente calmo e confortável para a mãe e o bebê, para que ele possa acessar facilmente o mamilo.

3- Coloque o mamilo completamente na boca do bebê e apertar o seio com o dedo, permitirá que o pequenino não engula ar e respire confortavelmente pelo nariz. A mãe não deve fazer movimentos bruscos, é importante que ela esteja relaxada e se o bebê estiver inquieto, ela pode falar gentilmente com ele enquanto o acaricia.

4- Se não liberar o mamilo no final Um bom truque é levar o dedo mínimo ao final da boca do bebê para tentar sugar.

5- Por fim, o bebê deve ser colocado na posição vertical para que ele expulse o ar, colocando a cabeça no ombro alternando de lado a cada take.

Deve-se levar em consideração que durante a lactação a mãe deve evitar alimentos fortes, o consumo de álcool, medicamentos e outras substâncias nocivas ao bebê por meio do leite. Emoções negativas da mãe, como estresse, depressão ou ansiedade, se durarem por longos períodos, também podem prejudicá-la.

Se após os primeiros dias de vida o bebê for alimentado com mamadeira, as seguintes ações devem ser tomadas para manter a higiene e prevenir infecções virais:

1- Esterilize a garrafa previamente e prepare as quantidades exatas de água e leite indicadas pelo pediatra.

2- Verifique se o leite sai do mamilo, que não se formou ar no interior e que a temperatura é ideal colocando algumas gotas na parte interna do pulso.

3- Certifique-se de que o mamilo se encaixa bem na boca do bebê para impedi-lo de engolir ar. Manter a mamadeira inclinada também evita a entrada de ar, pois o bico se enche de leite.

4- Faça uma pausa aproximadamente no meio da mamada para que o bebê expulse o ar.

Os pais devem levar em consideração que bebês alimentados com leite materno a partir do segundo ou terceiro mês parecem ganhar menos peso e altura do que o adequado, porém a maioria dos pediatras considera que o padrão de crescimento em peso e altura dos bebês bebês alimentados com leite materno é diferente de os que tomam mamadeira, sem que isso signifique que se alimentam menos, pois os nutrientes que ingerem são mais adaptados às suas necessidades e mais balanceados.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Conselhos sobre amamentação, na categoria Amamentação Presencial.


Vídeo: Dicas para amamentação de sucesso! (Janeiro 2022).