Em formação

Brigas entre irmãos: 3 chaves para detê-los

Brigas entre irmãos: 3 chaves para detê-los



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Há irmãos que lutam absolutamente por tudo, por um brinquedo, pelo controle da televisão, para ser o melhor, porque mamãe os ama mais, para entrar em casa primeiro ... Qualquer desculpa serve para brigar. Os conflitos entre irmãos fazem parte da vida cotidiana em casas onde há irmãos. São brigas que raramente acontecem quando as crianças são pequenas, mas começam a se intensificar por volta dos 6 anos. Às vezes são apenas pequenas brigas ou desentendimentos, mas, em outras, as crianças chegam a ameaças sérias e até nas mãos.

NoGuiainfantil.com nós vamos te contarporque brigam, como parar essas brigas e, sobretudo, esclarecemos se tem que intervir ou não.

1- Intervir ou não intervir em brigas entre irmãos?

Essa é a grande questão. Alguns especialistas explicam que é preferível deixar que eles resolvam seus próprios problemas sem mediar, que não nos envolvamos. Afirmam que é preferível não se posicionar, não chegar no meio de uma briga e tomar partido porque podemos errar e concordar com quem não tem. Peça que eles próprios consertem suas diferenças e, se não forem capazes, cada um toque separadamente até aprender a ficar juntos, você verá como procuram ficar juntos novamente.

Em todo caso, se as lutas terminam com agressões físicas, então se é preciso intervir, mas não com gritos ou violência física, não espancem um por bater no outro. Lembre-os de que uma regra fundamental é não bater e que quando o fizerem, não poderão continuar a jogar e isso terá uma consequência

2. Por que meus filhos brigam?

É importante fazer a si mesmo essa pergunta para evitar conflitos. Em muitos casos será devido à mesma convivência, mas em outros o ciúme é o responsável. Se um dos irmãos se sente príncipe destronado, é conveniente:

- Dedique o mesmo tempo a cada irmão para que nenhum se sinta deslocado.

- Peça a colaboração do idoso para nos ajudar em algumas tarefas do bebê e assim fazê-lo participar.

- E, acima de tudo, em vez de transformar o dia em infindáveis ​​censuras, repreensões, gritos ou raiva de uma das crianças, use muito reforço positivo, ou seja, elogie seus sucessos, por menores que sejam. A resposta das crianças a isso é espetacular.

3- Como prevenir conflitos entre irmãos?

Para evitar conflitos, devemos estimular o vínculo fraterno entre os irmãos, dar-lhes um pé para que aprendam a conviver.

- Podemos fazer jogos e atividades em família, por exemplo pais contra filhos, seja num jogo de tabuleiro em que têm que colaborar para ganhar o jogo.

- Criar um diálogo aberto na família, não para que fofocem constantemente do outro, mas para saber como cada filho se sente e o que devemos reforçar.

- Criar regras e limites que sejam claros para cada irmão, para que eles saibam o que acontecerá nos casos em que a briga sair do controle.

Uma última dica: eles consideram o conflito entre irmãos como algo natural, não dão as costas ao problema, mas também não o tornam uma questão central em sua casa.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Brigas entre irmãos: 3 chaves para detê-los, na categoria Irmãos no local.


Vídeo: Briga de irmãos acabam em morte (Agosto 2022).