Guias

Crianças brincando

Crianças brincando

O que esperar das brincadeiras infantis

As crianças estão cheias de energia - correm, buscam coisas e exploram o mundo ao seu redor. Abrir e fechar gavetas, virar os recipientes de cabeça para baixo para verificar seu conteúdo, espremer torradas dentro de um livro e esconder coisas em todos os tipos de lugares - esse é um comportamento normal e mostra que seu filho está interessado em descobrir como as coisas funcionam e o que elas Faz.

Jogo não estruturado é importante nessa idade. É uma brincadeira que simplesmente acontece, dependendo do que interessa ao seu filho. Por exemplo, às vezes seu filho pode querer fazer algo ativo, como pular, correr e dançar. Outras vezes, ele pode desfrutar de atividades tranquilas, como desenhar, ler ou classificar blocos.

Música estruturada ou aulas de ginástica podem ser divertidas, mas seu filho não precisa delas. Seu filho só precisa de tempo para brincar - e de um ambiente doméstico seguro para explorar e brincar.

As vezes seu filho vai querer assumir o comando com jogos de criança. Isso é ótimo sempre que é seguro e prático, porque ensina seu filho a tomar decisões e permite que ela use sua imaginação. Quando seu filho está liderando a peça, você pode fazer perguntas que a incentivem a contar o que está fazendo - por exemplo, 'O que você está fazendo nesse pote?'

A brincadeira do seu filho provavelmente variará em ritmo e foco. Às vezes, ele olha para algo rapidamente e segue em frente. Outras vezes, ele para e explora um objeto. Isso significa que atividades simples com uma criança pequena - como recolher a correspondência - podem demorar um pouco mais do que você pensa.

Quando sua criança tiver três anos, ela poderá estar gostando jogos de 'fingir' como vestir-se e brincar de casinha. Esse tipo de jogo imaginativo e criativo ajuda seu filho a expressar e explorar emoções complexas como frustração, tristeza e raiva.

Você pode perceber que seu filho quer jogar o mesmo jogo ou ler o mesmo livro várias vezes. Repetir jogos e atividades é como as crianças dominam habilidades e entendem o que esperar em determinadas situações.

A maioria das crianças de dois anos não entende como compartilhar ou se revezar. Aos três anos, seu filho pode entender o que é compartilhar, mas provavelmente ainda achará difícil fazê-lo. Seu incentivo e muita prática ajudarão seu filho a começar a desenvolver essas habilidades.

Idéias do jogo da criança e jogos da criança

Brincar não é apenas divertido - é também como as crianças aprendem. Você ainda é o melhor brinquedo para o seu filho brincar - e os melhores jogos infantis ainda fazem você desempenhar um papel muito importante.

Aqui estão algumas dicas para brincadeiras infantis:

  • Cantar músicas e rimas infantis: seu filho vai gostar de cantar com você, especialmente canções e rimas infantis que envolvem ações e toques.
  • Leia com seu filho todos os dias: os livros pop-up e lift-the-flap são divertidos e cheios de surpresas. Deixe seu filho escolher livros favoritos para ler. Você também pode apontar algumas palavras ao dizê-las, pedir ao seu filho para repetir palavras com você ou fazer perguntas como 'O que acontece a seguir?'
  • Dê ao seu filho coisas para desenhar: seu filho gosta de rabiscar com giz de cera, lápis, tintas ou giz. Você também pode esperar que ele coloque canetas ao alcance de sua boca, por isso é uma boa ideia escolher lápis e tintas seguros e não tóxicos.
  • Tente jogar bagunçado: por exemplo, brincar com água, areia ou lama permite que seu bebê explore novas texturas e sensações. Deixe o seu filho esvaziar e encher os recipientes, deitar e colher. Lembre-se de que a supervisão constante é a única maneira de manter seu filho seguro junto à água.
  • Vá lá fora com seu filho: brincadeiras ao ar livre, como olaria no jardim ou parque, oferece infinitas possibilidades de brincadeiras. Também oferece ao seu filho a chance de ser ativo de várias maneiras, como escalar, correr, balançar, pular ou rolar.
  • Dê ao seu filho oportunidades para brincar de fingir: crie um espaço de jogo emocionante, como um lençol sobre cadeiras ou uma torre de caixas. Alguns adereços simples, como lenços velhos, bolsas ou roupas, podem dar ideias para o seu bebê para inventar histórias ou fingir brincadeiras.

Tempo de tela
O tempo na tela pode ser uma experiência divertida e de aprendizado para o seu filho. Mas é importante equilibrar o tempo na tela com outras atividades que são boas para o desenvolvimento do seu filho, como muitas brincadeiras criativas cara a cara ou tempo fisicamente ativo com você e outros cuidadores.

As diretrizes de tempo de tela mais recentes da Academia Americana de Pediatria (AAP) dizem que:

  • crianças menores de 18 meses não devem ter tempo de tela além de bate-papo por vídeo
  • crianças de 18 meses a 2 anos podem assistir ou usar programas ou aplicativos de alta qualidade se assistir ou brincar com elas para ajudá-las a entender o que estão vendo
  • crianças de 2 a 5 anos de idade não devem ter mais de uma hora por dia com adultos assistindo ou brincando com elas.
Como você escolhe os brinquedos certos para o seu filho? As crianças não precisam de muitos brinquedos para brincar, e os brinquedos não precisam ser extravagantes ou chamativos. Alguns dos melhores brinquedos para crianças são "abertos" ou reciclados - por exemplo, caixas de papelão, peças de material e roupas velhas.